terça-feira, 21 de julho de 2009

Bissexualidade Existe?


Um professor de psicologia na faculdade nos dizia que todos os nossos bisnetos (tenho 26 anos) serão Bissexuais. Isso sempre me fez pensar: "SERÁ???"

Eu já disse aqui que acredito que o homem instintivamente é um animal bissexual, que se fossemos soltos num lugar sem influências culturais e religiosas desde que nascemos, uma nova cultura nasceria e nessa não seríamos heterossexuais.

No entanto, pensando na cultura vivemos hoje, pergunto: "Bissexualidade existe"?

Quando alguém se aceita e se diz bissexual, acaba sofrendo pressão para escolher ser hetero ou gay. A sociedade ainda não sabe viver sem rótulos e se assusta com o "indefinido".

Gostar de meninos é meninas é indefinição?

É verdade que eu raramente encontrei bissexuais que não tivessem uma predileção ao sexo homossexual. Dessa forma, é compreensível que se crie uma tendência acreditar que a bissexualidade é muito mais uma questão de aceitação (ou falta dê) do que orientação sexual.
Ser bissexual, para algumas pessoas, é apenas uma forma de poder ficar com pessoas do mesmo sexo e não ser rotulado de gay. Já para outras é uma questão de desprender-se (momentaneamente) dos rótulos e fazer simplesmente o que lhe da prazer.

Se a busca por prazer é cada vez mais aceita como normal, bissexualidade vira moda por preferência ou pressão social?

Bisnetos? Eu diria filhos (se os tivesse).

RP

28 comentários:

  1. Eu acho que existe muito da falta de aceitação, sim, mas que isso não exclui a bissexualidade "real". E é até preconeito nosso quando dizemos "xi, esse aí tá quase fora do armário". Conheço pessoas que lidam muito bem com os dois sexos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. eu acredito que é apenas uma forma de mascarar a realidade...

    ***

    umBeijo!

    ResponderExcluir
  3. Falae RP! Tava sumido, hein?! Mas que bom que está de volta.

    Com certeza muito da bissexualidade vem da pressão social. Afinal, ainda vivemos em um mundo que masculinidade envolve de um modo ou de outro gostar de garotas. Mas prefiro ver mais longe q isso. Pra mim bissexualidade é libertação. Libertação de já se dar um título antes do desejo ocorrer. Sou adepto do "estou" em lugar do "sou". o primeiro move enquanto o segundo estagna.

    Abração!!

    ResponderExcluir
  4. Sumida eu, ne?
    Adorei que lembrou de mim!!!

    Prometo que virei dar o ar da graça!

    Beijocas, fofo!

    ResponderExcluir
  5. Ahhh
    Eu acho que como diria a filosofa Eliana....
    Tudo é possivel..
    É claro que em boa parte das vezes é uma forma menos dolorosa de aceitar a sexualidade... Mas alguem neste planeta há de gostar das duas coisas... Eu n sei pk as pessoas ficam tão estarrecidas com isso, que pra ser sincero me parece o mais saudavel, vc gostar de alguem idependente do que ela carregue no meio das pernas...
    Enfim.... Só sei que eu to com uma saudadesinha gostosa sua.... Tah com net em casa n????
    Coisa ruim isso, gente... Gente q a gente gosta devia ficar sempre por perto e issod everia ser lei...

    ResponderExcluir
  6. Nós generalizamos tudo e o mesmo acontece com a questão da bissexualidade. Que existem pessoas que se dizem "bi" para relativizar o "gay" é claro que existe. Mas não é por isso que os verdadeiramente "bi" tem que ser taxados de "não-sabem-o-que-quer".

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não cheguei a uma conclusão sobre isso. Mas concordo com tudo que você escreveu no post.

    Obrigado pelo comment lá no meu blog. Adoro ler os seus textos e preciso aparecer mais no MSN para nos atualizarmos hehe

    Abraços e ótima semana, RP!

    ResponderExcluir
  8. Hummmmmmmm... somos todos bissexuais por natureza... Prontofalei!!! Ondetuandava? Que coisa, menino!!! Não some mais!!!! Hugz!

    ResponderExcluir
  9. Ta sumido heim... Ta td bem ai em Smaller Vile?

    Bisexualidade: assunto complicado...
    Muitos a usam como mascara pra esconder a homosexualidade...
    Acho de um certo modo estranho a sociedade de hj em dia encarar com uma naturalidade "hipocrita" a bi/homossexualidade feminina, e ficar com toda essa falação e todo esse preconceito sobre dois caras se beijando.
    Seria tão bom se não existissem esses rótulose se cada um pudesse viver sua vida de forma plena.
    Bjão e ve se aparece no msn!

    ResponderExcluir
  10. As pessoas parecem sim ser bi, isso porque 8 em cada pessoas, ja tiveram ou tem relação sexual com pessoa do mesmo sexo. E ainda há estudiosos que defendem, que todos somos Bi. Será?

    Meu abraço e excelente final de semana pra voce.

    ResponderExcluir
  11. Dois comentários:

    1 - Se o homem fosse solto num lugar sem influência culturais e/ou religiosas, reproduziria os mesmos comportamentos prévios. Não que essas noções culturais e religiosas estejam impregnadas na psiquê humana; mas a cultura e a religião são [i]produtos[/i] da atividade humana - não querendo dizer que sejam determinados pela atividade econômica, mas tem um quê de marxismo aí. Não tem jeito: foi o homem quem inventou tudo o que está aí nas regras de convívio social. Nossos ancestrais sequer tinham roupas; como imaginar que chegamos ao ponto de precisarmos de etiqueta para jantar? Já li em algum lugar que, assim como entre animais existe comportamento homossexual, também existe homofobia. Mas isso a gente deixa pra discutir em outro tópico...

    2 - Ser bissexual não significa gostar [i] em igual proporção[/i] de homens e mulheres. É como uma imensa escala de cinza, com diferentes gradações. No meu caso, acho mais prático me definir como gay, mas, poderia muito bem me descrever como um cara que se interessa 90% do tempo por homens e 10% do tempo por mulheres - e sem me achar ridículo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Ser uma mascara para esconder a homossexualidade?

    Caçarola......sou hetero,e ja estive com mulheres(poucas isso é verdade,mas que me instigaram e me deram muito tesão e prazer) e nem por isso assumi ou deixei de assumir algo.

    Não sinto tesão por mulher,não paqueraria uma mulher,adoro homem,mas senti tesão pela pessoa,pelas atitudes ,pela postura (inteligencia costuma me dar muito tesão) e me permiti.
    Isso me faz o que?
    GENTE!
    Que se permite e se permitiu viver um desejo.

    beijos desrotulados

    Denise

    ResponderExcluir
  13. Querido, quase um mês depois vc volta...q bom!!!
    Bom, quanto ao seu post...
    Concordo com seu ponto de vista: "Quando alguém se aceita e se diz bissexual, acaba sofrendo pressão para escolher ser hetero ou gay. A sociedade ainda não sabe viver sem rótulos e se assusta com o "indefinido".
    Indefinido é criticado e naum é bem visto.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Passando pra deixar uma beijoca!

    ResponderExcluir
  15. Ai q cú… escrevi tanta coisa e deu pau na hora de graver o comentário, agora vou resumir...rs

    Desculpa por ter sumido, eu acompanho os blogs pela minha lista de feeds e por algum motivo o seu não estava, mesmo eu adorando acompanhá-lo,. Agora já está cadastradinho e conferido...rs

    Qto ao post, eu acho que nossa percepção de que a bissexualidade seja apenas um medo de assumir um lado, pode ser um erro de analise nosso, que tendemos a conceituar tudo. Porque não acreditar que a pessoa possa amar sem se importar com o sexo, amar a pessoa e não a sua sexualidade? Não seria esta a melhor forma de amor, pregada pela bíblia? Acho que para tudo existe preferências, gosto mais do preto do que do vermelho, mas nem por isso deixaria de usar o vermelho e nem por isso tendo a ser gótico.

    Sei lá, algo a pensar... é por isso que considero uma das melhores musicas do legião a Meninos e Meninas... me identifico muito com ela, embora hoje meu corpo pertença aos guris.

    Bjs do Lico

    ResponderExcluir
  16. calma aí
    vou perguntar pra Ana Carolina

    ResponderExcluir
  17. olá! desculpa a invasao. achei seu blog ótimo!!! li seu texto e concordo com uma coisa bem real. a sociedade n aceita algo sem rotular. o ser humano n tem individualidade. parabens. se quiser me seguir será bem vindo.

    abraços

    leandro cardoso.

    ResponderExcluir
  18. Imagina. O bisneto olha pra mãe, pra avó, e fica todo assustado com a bissexualidade deles. Nossos bisnetos serão todos heterossexuais.

    ResponderExcluir
  19. Olha... para mim... é uma etapa... na verdade... para mim foi uma etapa... (depoimento mode on)... na transição da minha sexualidade... (nunca transitou... sempre fui gay mesmo)... mais a parte da aceitação... foi mais fácil (internamente) me assumir como bissexual primeiro... para depois ir me aceitando... isso tudo não foi para os outros... foi um processo interno!!!

    ResponderExcluir
  20. Caríssimo, não sei...
    Ser bisexual não é facinho assim.Eu, fui um ser amoral desde sempre.Aquilo que mamãe e sociedade diz ser certo nunca fez o menor sentido para mim, e eu ia indo na vida, um dia com meninas, um outro com meninos, e não via nada de mal até me descobrir que a galera havia desenvolvido um sentimento de descrédito e desmérito quanto a se relacionar comigo, pois nunca sabiam o que eu ia querer,ou o que ia acontecer, até que um dia um amigo says that não tem nada pior que giletão!Que decepção.

    Bisexuais SÃO de certa forma discriminados em ambos os meios.Mas ninguém comenta...
    Casei com um homem por ele ser tão livre quanto eu,e por ama=lo muito.Virei hetero?Continuo de olho nas meninas na rua,rsrsrs,ainda mostro pro marido,rsrsrsr,e meus amigos hetero ficam de cara comigo,COMO que tu faz isso!hahahahah,em completo espanto e certa raiva,ainda dizem que um dia ele me troca por minha culpa,coitados.
    Muitas vezes penso em poligamia,rsrsrs, mas o que meus três filhos vão achar disso?
    Sentiu a situação?Sinto ser mais facinho ser uma coisa ou outra.Se um indivíduo gay arranja um relacionamento hetero pra disfarçar,(que deve ser ruim pra pessoa) é completamente diferente de ser bisexual.
    Porque somos livres de gênero para o amor e sexo.Tesão pelo ser humano que se apresenta na nossa vida,seja homem ou mulher.
    E presos pela discriminação de todos os povos.
    É isso.
    beijo!

    ResponderExcluir
  21. Saudades. Espero que tudo esteja bem.
    Abraços e bom domingo!

    ResponderExcluir
  22. Bissexualidade existe, obviamente, mas é muito pouco comum.
    Eu arrisco dizer que um bissexual vive conflitos sexuais muito maiores do que um gay ou um hétero, por conta da ambiguidade de seus desejos.
    Fala-se muito que os Bi são gays enrustidos, o que é um mito. Sabe-se que a maioria dos bissexuais tem maior inclinação a se relacionar com mulheres.
    Por outro lado, não podemos confundir os Bi com gays que preferem se esconder e se rotulam como tal, para não assumirem sua homossexualidade (vemos muito disso com artistas de Tv), pois ser bissexual é muito mais "aceitável" para a sociedade do que ser gay.
    Também vale lembrar que muitos Bi são homofóbicos e não frequentam o meio gay.
    Enfim, sexualidade é um assunto muito complexo mesmo, mas a discussão é sempre bem-vinda e rende papos óoootimos!
    Parabéns pelo post e pelo blog em geral. Muito bom!
    Estou linkando ao meu e passarei mais vezes aqui.
    super bjo
    Kiko Riaze
    http://kikoriaze.wordpress.com

    ResponderExcluir
  23. Ola eu sou vissexual por que gosto realmente de homens e mulheres.

    ResponderExcluir
  24. Oi, tenho 13 anos sou bissexual, não sou assumido, por que acho que não é a hora e muitos podem achar que estou só indeciso e que sou "uma Bichinha enrustidinha", coisa que não sou, a sociedade tem medo do que eles não intende e por isso que vivemos nesse mundo!

    ResponderExcluir